Mauro Ribeiro assume a presidência da ACI nesta segunda-feira, 14

Cumprindo todos os protocolos estabelecidos pela Vigilância Sanitária de Itabuna, a ACI realiza a cerimônia de posse dos integrantes da Assembleia Geral, Diretoria e das Comissões de Contas na próxima segunda-feira, 14, às 19 horas, na Terceira Via Hall, que também será transmitido no formato on-line. O empresário Mauro Ribeiro, eleito no dia 17 de maio, assume a presidência da entidade para o biênio 2021-2023, sucedendo o também empresário, Luiz Sérgio Neto Velanes.

Sérgio Velanes e Mauro Ribeiro

Presidente mais jovem na história da associação centenária de Itabuna, com 34 anos de idade, Mauro é atualmente sócio-diretor da rede de Lojas Buriti, com sede em Itabuna e filial em outras cidades da região. A frente da instituição, o presidente eleito espera fortalecer cada vez mais a ACI, através do diálogo com os empresários e defender os direitos da classe, buscando o apoio dos poderes constituídos do município.

Ao lado de Sérgio, Mauro já vem articulando reuniões estratégicas com o Poder Público Municipal, visando solucionar demandas urgentes do comércio, a exemplo da necessidade de ordenamento do comércio informal nas principais vias do centro de Itabuna. “A ACI está a serviço das empresas, dos empresários e da população de Itabuna, para que juntos possamos desenvolver ainda mais toda essa cadeia produtiva que tem na nossa cidade”, declarou.

Entidade histórica

A ACI completa 113 anos de fundação no dia 14 de junho. A sua história é marcada por lutas em defesa da classe empresarial e do município, e na atualidade permanece com o mesmo propósito, de agregar cada vez mais empresários engajados em contribuir para o desenvolvimento da cidade.


Edital para processo seletivo na SDR tem 50 vagas

Foi publicado na edição do Diário Oficial do último sábado (05), edital de abertura de inscrições do Processo Seletivo Simplificado N° 001/2021, por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), para o preenchimento de vagas na Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA) e na Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), ambas unidades da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). Confira edital (https://bit.ly/3z9N6VV)

As vagas são para Técnico de Nível Superior nas áreas de atuação em Geoprocessamento, Engenharia de Agrimensura, Ciências Jurídicas, Ciências Jurídicas Agrárias, Administração, Ciências da Computação, Ciências Agrárias, Recursos Humanos, Arquivologia e Prestação de Contas e Sistemas.  

O prazo de inscrição é de 14 de junho a 18 de junho. Para realizar a inscrição, os interessados deverão acessar www.selecao.ba.gov.br e preencher a ficha de inscrição.


Bahia tem 1 milhão de casos de Covid

Com mais de 1 milhão de casos de Covid, Bahia chega a 1 milhão de recuperados

A Bahia chegou a marca de 1.000.142 pessoas recuperadas da Covid-19 neste domingo (6), com o acréscimo de 3.318 pacientes já livres da doença no último boletim da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Para atingir esse número, foi necessário ter um número elevado de casos.

Só nas últimas 24 horas, mais 3.070 pessoas diagnosticadas com o coronavírus entraram no balanço, elevando para 1.035.524 o número de casos já confirmados em território baiano.

Desse total, 13.633 encontram-se com o vírus ativo, no período da infecção, e 21.749 tiveram o óbito confirmado, 3.070 registradas ontem. Outros 233.905 casos estão em investigação.

Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste sábado. Na Bahia, 49.501 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

REGULAÇÃO

Até às 12h deste domingo, 155 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 108 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. A Sesab lembra que esse número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.

VACINAÇÃO

Com 3.637.037 vacinados contra a Covid-19, dos quais 1.565.979 receberam também a segunda dose, até as 16 horas deste domingo, a Bahia é um dos estados do país com o maior número de imunizados.

Tem se observado volume excedente de doses nos frascos das vacinas contra a Covid-19, o que possibilita a utilização de 11 e até 12 doses em apenas um frasco, assim como acontece com outras vacinas multidoses. O Ministério da Saúde emitiu uma nota que autoriza a utilização do volume excedente, desde que seja possível aspirar uma dose completa de 0,5 ml de um único frasco-ampola. Desta forma, poderá ser observado que alguns municípios possuem taxa de vacinação superior a 100%.


ACI e CBMAE promovem curso de mediação empresarial online

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI), em parceria com a Confederação das Associações Comerciais do Brasil (Cbame), promovem o curso de Mediação Empresarial nos dias 14, 16, 21, 23, 28, 30/06 e 5, 7, 14, 16/07 de 2021, das 18h às 20h30, pela plataforma Zoom. As inscrições são limitadas e o investimento é de R$ 340,00, com a carga horária de 50 horas. Mais informações, pelo e-mail: [email protected] ou pelo telefone: (73) 3613-1171.

O curso tem a duração de 20 horas no formato on-line (plataforma Zoom) e 30 horas de atividades extracurriculares. Durante o intervalo das aulas, os alunos realizarão uma série de atividades de fixação do conteúdo. Após o último encontro, o aluno deverá desenvolver dois textos, um sobre negociação e outro sobre mediação de conflitos. No final serão certificados os participantes que frequentarem 100% das atividades do curso e realizarem todas as atividades propostas.

Mediação é uma forma de solução extrajudicial de controvérsias em que o terceiro mediador (ou mediadores, se mais de um) tem a função de aproximar as partes, para que elas negociem diretamente a solução desejada de sua divergência. A Mediação mantém o poder decisório com as próprias partes conflitantes.

Conteúdo

O conteúdo programático tem na grade do curso os seguintes assuntos: Panorama histórico dos métodos consensuais de solução de conflitos; Legislação brasileira; Resolução CNJ 125/2010; Código de Processo Civil; Lei de Mediação; Reforma Trabalhista; Formas de resolução de disputas; Negociação; Conceito de Negociação; O processo de Negociação; Fases da Negociação; Estratégias vencedoras em negociações; Estratégias e táticas negociais; Ética em negociações; Os erros mais comuns no processo decisório; Diretrizes e dicas para uma negociação de sucesso.

Em mediação empresarial, serão tratados os seguintes conteúdos: A introdução à mediação empresarial; Os procedimentos da mediação; As técnicas empregadas na mediação; A comunicação; A ética na mediação; O acordo na mediação e Simulações de mediação.


Maratona Territórios do Brasil divulga projetos vencedores

Maratona Territórios do Brasil divulga projetos vencedores

A sustentabilidade e a tecnologia nortearam o trabalho das 88 equipes que participaram da Maratona Territórios do Brasil. O resultado desse evento de democratização da inovação foi visto nos projetos vencedores, que apresentaram soluções para problemas reais, que envolvem o combate ao desperdício de alimentos, a valorização de culturas locais e o uso de práticas que preservam o meio ambiente e ajudam o pequeno agricultor.

Com mais de 1.100 participantes e 200 mentores, o evento reuniu nos dias 21, 22 e 23 de maio, alunos do ensino médio e técnico, universitários, professores e profissionais do mercado de todo o Brasil. Em uma plataforma online, eles criaram, em 48 horas, soluções inovadoras para transformar o turismo e a produção rural das regiões Norte e Nordeste.

O resultado foram soluções necessárias, práticas e possíveis de serem implementadas. Para o professor da Universidade de Sergipe/Campus do Sertão e um dos organizadores da maratona, Maycon Reisos times criaram projetos pensando na sustentabilidade,  demonstrando uma preocupação mundial e urgente. “As equipes trabalharam com essa lógica de seguir a vertente sustentável, promovendo o uso racional e a conservação do meio ambiente e assim, propuseram iniciativas que interligam o crescimento econômico e a preservação dos territórios, foi incrível,” comenta Reis emocionado.

É o exemplo do time do João Luiz Pontes de Araújo, que conquistou o 2º lugar da maratona com o projeto Eco-refrigerador FarmacêuticoNós buscamos um problema pertinente que seria a falta de energia elétrica com o problema atual que é a campanha de vacinação contra o coronavírus principalmente nas comunidades remotas da Amazônia Legal“, explica Araújo. O resultado foi um refrigerador sustentável por meio do aproveitamento do potencial energético da energia solar.

A Maratona Territórios do Brasil foi uma realização da Universidade Federal de Sergipe e do Instituto Federal Baiano, com organização da Semana Territorial de Ciência e Tecnologia Norte e Nordeste (STCT), IF Baiano Campus Guanambi, Neagros e Movimento Cacau Chocolate Cultura, além de contar com recursos oriundos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). A operação da maratona foi da Panic Lobster, startup especializada na gestão de eventos de inovação e hackathons.

(mais…)

Assistência técnica transforma a vida de agricultores familiares do Sul da Bahia com produção de base agroecológica

Assistência técnica transforma vida de agricultores familiares do sul da  Bahia com produção de base agroecológica - Portal Gov Bahia

O serviço de assistência técnica e extensão rural (Ater) vem promovendo a transformação da vida de 540 famílias dos municípios de Itaju do Colônia, Camacan, Pau Brasil, Mascote e Canavieiras, com a disseminação de conhecimentos técnicos que influenciam diretamente na qualidade de vida e na atividade produtiva de quem vive no campo. A ação segue os conceitos da produção de base agroecológica e vem promovendo o fortalecimento de sistemas produtivos estratégicos, como o do cacau.

Esse é o exemplo do trabalho realizado na região de Água Vermelha, em Pau Brasil, habitada pela tribo Pataxó Hã Hã Hãe, que pertence à Aldeia Caramuru Catarina Paraguassu, onde foi implantado o Sistema Agroflorestal (SAF), caracterizado pela forma de plantio em meio à Mata Atlântica, com foco na produção de cacau. Atualmente, a produção é em média de quatro a seis arrobas de cacau por hectare. A previsão é que, em 2022, a produção dobre e. nos próximos três anos. alcance 50 arrobas por hectare. Cada arroba equivale a quinze quilos de cacau.

Para compor o SAF em Água Vermelha, a foram plantadas, além das 1.000 novas mudas de cacau, 10 mil mudas de mandioca, banana, goiaba e açaí, entregues por meio de convênio firmado entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR) e a Biofábrica. No sistema, são cultivados ainda milho, feijão, abóbora, cana-de-açúcar, quiabo, maxixe, jiló e sorgo, garantindo diversidade.


Junho Violeta – Advogada chama atenção para idosas entre as vítimas de violência doméstica

Junho é o mês representado pela cor violeta instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em campanha de combate à violência contra pessoas idosas. A ideia é sensibilizar a sociedade acerca do combate à violência contra esse grupo e compartilhar a conscientização sobre violação dos direitos humanos dessa faixa etária.  Trata-se, na verdade, de verdadeiro empenho a fim de assegurar o envelhecimento de forma saudável, tranquila e com dignidade.

Andréa Peixoto

Isso porque o contexto atual brasileiro apresenta uma população profundamente em constante mudança em suas características demográficas, sobretudo no que diz respeito ao crescimento expressivo das pessoas com mais de 60 anos. Para se ter uma ideia, o Brasil já ultrapassa a marca dos 20 milhões de idosos, o que representa mais de 11% da população, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) com projeções para em médio prazo de que haverá o dobro da quantidade de idosos com relação à quantidade de crianças, daqui a 20 anos no país.

Nesse sentido, há uma preocupação ainda maior com relação à violência contra a pessoa idosa, posto que não se resume apenas à agressão física. Hoje, é sabido que negligência, por exemplo, é um dos tipos de violência mais praticados contra os idosos brasileiros nos últimos anos, conforme apontam denúncias recebidas pelo Disque 100, o que faz referência direta à quantidade de idosos que são vítimas de descuido e de omissão por parte dos familiares ou instituições que respondem pelos cuidados básicos para o desenvolvimento físico, emocional e social da população a partir dos 60 anos.

Ou seja, a negligência, como a privação de medicamentos, a falta de atenção com a higiene e a saúde, entre outros, compõem o quadro de violência contra a população dessa faixa etária. Contudo, esse quadro se agrava quando constatado que, das denúncias de violência contra idosos no país, 70% das vítimas são mulheres, sendo mais de 40% desse percentual com idade entre 60 e 70 anos. Segundo a advogada Andréa Peixoto, cerca de 50% dos abusos, incluindo violência psicológica e financeiro-econômico, são praticados pelos próprios parentes ou conviventes da vítima, como filhos e maridos.

Diante disso, a advogada exalta o junho violeta, no sentido de mostrar à sociedade que idosos vivem sob o medo da violência, sobremodo as mulheres idosas, e por isso ressalta “que a prevenção e a educação se tornam as formas mais eficazes para se combater a violência contra pessoas da terceira idade, com especial atenção às mulheres da terceira idade nesta situação.”

Ela afirma que o município de Itabuna possui ferramentas para enfrentamento deste problema, a exemplo das entidades governamentais e não-governamentais, e outros que, juntos, formam uma rede de proteção e defesa do direito da pessoa idosa. “A campanha existe para dar visibilidade a esse problema da sociedade o qual não podemos negar, mas nosso trabalho é direcionado para o enfrentamento e prevenção à violência, especialmente àquela que vitima os mais vulneráveis”, afirmou a advogada Andréa Peixoto.

Ela ainda aponta para a importância da identificação dos casos, dos encaminhamentos corretos e adequados para fins de providência conforme a competência de cada parceiro da rede de apoio. “Cada entidade possui sua própria competência que precisa ser comunicada e respeitada. A partir daí, cada uma deve oferecer assistência nas áreas de saúde, social, educação, jurídica, segurança e outros”, reafirmou a advogada.

Por fim, Andréa Peixoto salientou que a violência contra idosos é intra-familiar e velada, daí a relevância do serviço de denúncias para ajudar a romper com o silêncio das vítimas, em sua maioria mulheres idosas.

Para ela, para uma efetiva prevenção à violência contra os idosos, tornam-se necessárias campanhas, trabalhos de conscientização e de respeito, bem como encorajamento e subsídio para a realização de denúncias por parte das vítimas. “Mas entendemos que a educação é a base. Por isso, faz-se imprescindível que as crianças e os jovens, assim como o próprio idoso, conheçam o processo de envelhecimento e da positividade da velhice”.


Empresários defendem o ordenamento do comércio informal em reunião com secretários da Prefeitura

 A necessidade de ordenamento do comércio informal no centro de Itabuna foi pauta de uma reunião online realizada nesta terça-feira, 1, com empresários da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Câmara de Dirigentes Lojistas, o secretário de Indústria, Comércio, Emprego e Renda de Itabuna, Ricardo Xavier e a secretária de Segurança e Ordem Pública, Mariana Alcântara. Essa é a segunda vez que uma reunião é realizada para discutir sobre o tema com a atual gestão.

Reunião Online da ACI

 O diretor da ACI, Mauro Ribeiro, apresentou imagens do comércio informal instalado de forma desorganizada no passeio da avenida Cinquentenário e em ruas transversais do centro da cidade. É comum a presença de carros de mão e de automóveis servindo como expositores de produtos alimentícios, quando deveriam estar sendo comercializados nas feiras livres.

Outra reclamação registrada foi a presença de gradios instalados nas portas dos bancos e que, segundo os comerciantes, estão atrapalhando a circulação, mesmo com a colocação dos toldos, não soluciona o problema das filas nos bancos. Os empresários presentes na reunião reclamaram que os vendedores ambulantes se instalam nas portas das lojas, promovendo aglomerações, devido a passagem de pedestres e ocupam vagas de estacionamento para exposição de produtos diversos.

Com intuito de solucionar o problema, Ricardo pediu a união de todas as entidades e destacou que está planejando uma operação, com diálogo e a participação de 5 secretarias do governo, juntamente com a Polícia Militar, Ministério Público e as entidades. “Estaremos fazendo uma força tarefa, unindo as secretarias para executar o plano em duas frentes. A primeira de forma emergencial e a outra, de forma planejada, com o intuito de ter resultados de curto, médio e longo prazo”, ressaltou o secretário.

O presidente da ACI, Sérgio Velanes, parabenizou a iniciativa do secretário, “tendo em vista que o comércio é a principal atividade econômica da cidade e a organização do seu espaço, sem aglomerações, promove um ambiente propício para empresas investidoras”, destacou.


1º de junho: A imprensa como janela para o mundo real

Andreyver Lima

Por natureza, a humanidade tem a necessidade de fugir de sua realidade. Vide o sucesso do cinema, videogames ou redes sociais.

Seja qual for o ímpeto que nos faz fechar os olhos para o mundo real, a imprensa segue vigilante, mesmo quando atacada por aqueles que juraram defender o cumprimento da liberdade.

O dever de ser um vigilante dessa liberdade, impõe aos jornalistas a missão de revelar a verdade. Infelizmente, muitos pensam que a imprensa tem apenas o papel de informar, mas o que está nos bastidores da diagramação de uma notícia tem muito mais a ver com direito e liberdade, do que informar um fato.

O direito de informar e ser informado. Direito esse que na filosofia, Immanuel Kant afirma que ‘devemos fazer uso do nosso próprio entendimento, pensar sobre o mundo, sobre as instituições e também tornar isso público’.

Entretanto, a necessidade de manter-se informado nos dias atuais, também nos leva ao mergulho num oceano de informações, que diante do avanço nos meios telemáticos, torna-se um sistema de comunicação, onde os cidadãos estão expostos para versões alternativas da realidade, complicando o debate público.

No campo político, com o aumento das fakes news e editoriais sensacionalistas, a competição pela atenção das pessoas, e a ascensão de notícias partidárias, o conflito sobre os diversos temas tornam a disputa ainda mais acirrada, colocando uma luz diferente nas decisões políticas que têm impacto na vida cotidiana.

É imprescindível a defesa da imprensa, pela liberdade. Essa imprensa que segue transmitindo informações ao público, que muitas vezes, contrariam interesses dos poderosos.

Andreyver Lima é jornalista e tem certificação do curso Política Cidadã: opinião pública, eleições, grupos de interesse e a mídia, Harvard.


Governo do Estado realiza Festival de Economia Solidária São João da Minha Terra

Evento terá forró, animação e comercialização de produtos da economia solidária

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), do realiza, entre os dias 13 e 30 de junho, a segunda edição do Festival de Economia Solidária São João da Minha Terra. O evento integra uma rede de agentes que atuam na economia solidária e agricultura familiar em 15 Territórios de Identidade da Bahia.

Realizado em formato virtual, o Festival agrega a diversidade de produtos de empreendimentos atendidos regionalmente pelas 13 unidades de Centros Públicos de Economia Solidária (Cesols), além de música, cultura, gastronomia e formações gratuitas em lives realizadas nas redes socais. O evento é executado pela Associação Beneficente Josué de Castro e será exibido ao vivo nas redes sociais @economiasolidariaba.

O festival é uma alternativa de escoamento da produção dos empreendimentos econômicos solidários em meio à pandemia de Covid-19 que há mais de um ano afeta a população mundial. A iniciativa mostra a pujança desse importante setor produtivo na Bahia, que conta com o fomento da Setre, através de programas de capacitação, adoção de novas tecnologias e apoio à comercialização.

Entre os convidados, já estão confirmados os artistas Del Feliz e Zelito Miranda e as chefs de cozinha Cida Pescadora e Rosa Gonçalves

SERVIÇO
O QUÊ: Festival de Economia Solidária São João da Minha Terra – 2ª edição
QUANDO: 13 a 30 de junho
ONDE: redes sociais (@economiasolidariaba)