Oxigênio de submarino que sumiu com 53 a bordo pode acabar amanhã

Foto de 6 de outubro de 2014 do submarino KRI Nanggala-402, da Marinha da Indonésia, navegando nas águas de Tuban, em Java Oriental — Foto: Eric Ireng/AP

Em uma luta contra o tempo, a Marinha da Indonésia continua as buscas nesta quinta-feira (22) para tentar encontrar o submarino KRI Nanggala-402, que desapareceu com 53 pessoas a bordo.

“As reservas de oxigênio do submarino durante uma queda de energia são de 72 horas”, informou à imprensa o comandante do Estado-Maior da Marinha indonésia, Yudo Margono.

O KRI Nanggala-402 perdeu contato com a Marinha do país enquanto realizava manobras de treinamento nas águas ao norte da ilha de Bali, após receber autorização para submergir. (G1)


Produtos da agricultura familiar do semiárido baiano conquistam mercado europeu

europa 1As frutas nativas do semiárido baiano estão conquistando o mercado internacional. Países como Alemanha e França já se renderam ao sabor das iguarias produzidas pela Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), situada no município de Uauá, que beneficia frutas como o umbu e o maracujá da Caatinga.

A cooperativa produz 25 produtos orgânicos, com Selo da Agricultura Familiar, entre eles os doces em barrinhas, doces cremosos, compotas de umbu, polpas das frutas, além das cervejas de umbu e de maracujá da Caatinga. São 270 cooperados, sendo 70% de mulheres e 20% de jovens, que tem o trabalho voltado para o beneficiamento das frutas nativas do semiárido.

O primeiro embarque para Alemanha foi de 1.500 potes de doces de maracujá com banana. Uma parceria com o grupo de sites de vendas Toda Vida – Food for Life, que além da oportunidade para acessar um novo mercado e ampliar a renda da cooperativa, vai resultar no reembolso de R$ 1 para cada pote vendido, para que a Coopercuc desenvolva ações de recaatingamento e preservação ambiental, com plantas nativas da Caatinga, a exemplo do umbuzeiro.


Mundo já tem mais de 500 mil mortos por coronvírus, diz Universidade Johns Hopkins

Levantamento da universidade Johns Hopkins neste domingo (28) mostrou que o mundo já registra mais de 500 mil mortes por Covid-19.

O Brasil é o segundo país, em números absolutos, com mais confirmações de mortes por coronavírus. Atrás apenas dos EUA que já ultrapassa as 125 mil mortes. Reino Unido, Itália, França e Espanha seguem como os países com mais mortos, mas apresentam estabilidade na contagem diária de vítimas.

Também neste domingo, o número de casos confirmados de novo coronavírus no mundo ultrapassou a marca de 10 milhões. O aumento em mais de 1 milhão de novos casos confirmados aconteceu em menos de uma semana. (Brasil 247)


Jovem de 19 anos morre durante protestos por George Floyd nos EUA

Jovem de 19 anos morre durante protestos por George Floyd nos EUAA polícia de Detroit, nos Estados Unidos, confirmou na madrugada deste sábado (30) a morte de um jovem de 19 anos, baleado durante os protestos pelo assassinato de George Floyd, um homem negro de 46 anos que foi asfixiado por um policial branco de Minneapolis.

De acordo com o relato, os tiros foram disparados por um suspeito desconhecido que dirigia um Dodge Durango cinza. A vítima chegou a ser encaminhada para um hospital da região, mas acabou morrendo. A polícia não confirmou se o jovem participava dos proestos, mas disse que estava em meio a um tiroteio que aconteceu no centro da cidade, onde as manifestações seguem ocorrento.

Antes do ocorrido, o chefe da polícia de Detroit, James Craig, disse que uma pessoa havia sido presa por tentar atropelar um policia. “Não vou ficar parado e deixar que uma pequena minoria de criminosos entre aqui e ataque nossos policiais. Não vamos tolerar isso”, disse.


Com mais 889 mortes, Itália supera 10 mil vitimas causadas pelo coronavírus

Com mais 889 mortes, Itália supera 10 mil vitimas causadas pelo coronavírusPaís mais afetado da Europa pela Covid-19, a Itália divulgou que mais 889 pessoas morreram por conta da doença neste sábado (28). Sendo assim, a região superou as 10 mil vítimas e segue sendo o estado federativo com maior número de mortos no mundo por causa do vírus.

De acordo com o G1, os 10.023 mortos na Itália são mais de três vezes mais mortos do que o total registrado na China, primeiro país afetado pela pandemia, que já diminuiu seu avanço e teve 3.295 mil mortos no total. Ainda de acordo com a publicação, são 92.472 casos confirmados até o momento. O governo federal italiano também anunciou neste sábado que se prepara para ampliar as medidas de confinamento até o meio de abril.


Luis Alberto Lacalle Pou toma posse no Uruguai

Presidente do Uruguai Luis Lacalle Pou discursa com a faixa presidencial ao tomar posse neste domingo (1º) — Foto: Mariana Greif/ReutersNeste domingo (1º), às 16h30, após receber a faixa presidencial das mãos de Tabaré Vázquez, Luis Alberto Lacalle Pou, de 46 anos, assumiu formalmente o cargo de presidente do Uruguai. Em pronunciamento na Praça Independência, diante de milhares de uruguaios, Lacalle Pou disse, emocionado, que fará um governo incansável e agradeceu aos presidentes de outras nações pela presença na cerimônia de posse.

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, esteve presente à cerimônia, que contou com a participação de outras autoridades, como o rei da Espanha, Felipe VI, e os presidentes do Chile, Sebastián Piñera; do Paraguai, Mario Abdo Benítez; e da Colômbia, Iván Duque.

Na noite deste domingo, Bolsonaro participa de um jantar oferecido pelo embaixador do Brasil no Uruguai, Antônio Simões. De lá, ainda na noite de hoje, Bolsonaro regressará ao Brasil.

Durante o ato de posse, por volta das 17h, foram formalmente investidos os novos ministros de governo.

Assumiram os cargos o ministro do Interior, Jorge Larrañaga; a ministra de Economia e Finanças, Azucena Arbeleche; os ministros de Defesa Nacional, Javier García; de Educação e Cultura, Pablo Da Silveira; de Transporte e Obras Públicas, Luis Alberto Heber; de Indústria, Energia e Mineração, Omar Paganini; de Trabalho e Segurança Social, Pablo Mieres; de Saúde Pública, Daniel Salinas; de Agricultura e Pesca, Carlos María Uriarte; de Relações Exteriores, Ernesto Talvi; de Turismo, Germán Cardozo; a ministra de Ordenamento Territorial e Meio Ambiente, Irene Moreira; e o ministro de Desenvolvimento Social, Pablo Bartol.

Lacalle Pou, que venceu as eleições em segundo turno, após ter feito uma coalizão de cinco partidos, ressaltou a importância do apoio que recebeu dos aliados.(Agência Brasil)


Acidente de helicóptero em Los Angeles mata Kobe Bryant

Kobe Bryant e a filha de 13 anos Gianna Maria, em foto de julho de 2018 — Foto: Harry How/Getty Images via AFP/ArquivoO ex-jogador da NBA Kobe Bryant, astro do Los Angeles Lakers, morreu aos 41 anos neste domingo (26), vítima de um acidente de helicóptero nos arredores de Los Angeles, na Califórnia, nos EUA. Além de Bryant, morreram ainda outras oito pessoas que também estavam no helicóptero – entre elas, a filha de 13 anos do ex-jogador da NBA, Gianna Maria.

A informação foi publicada originalmente pelo site americano “TVZ” e foi confirmada posteriormente.

Nenhum tripulante do helicóptero sobreviveu. Entre os outros tripulantes mortos, além de Bryant e da filha Gianna, estão o piloto do helicóptero, uma colega do time de Gianna e um parente dessa colega. Eles estavam a caminho de um centro de treinamento, no Norte de Los Angeles. Bryant tinha quatro filhas. (G1)


Confrontos durante protestos no Líbano deixam dezenas de feridos

Manifestante joga um vaso em bloqueio policial perto do Parlamento do Líbano, em Beirute, neste sábado (18) — Foto: Hassan Ammar/AP PhotoConfrontos entre forças de segurança e manifestantes perto do Parlamento do Líbano, na capital Beirute, dezenas de feridos neste sábado (18). A agência Associated Press fala em ao menos 150 feridos, enquanto a France Presse estima que 220 sofreram ferimentos.

Após uma breve pausa em dias de protestos, centenas de pessoas voltaram às ruas contra o governo libanês em meio a uma severa crise econômica no país (saiba mais sobre a tensão no Líbano no fim da reportagem).

Os confrontos deste sábado começaram quando manifestantes jogaram pedras, pedaços de metal, placas de trânsito e galhos de árvores contra os policiais, que tentavam impedir a entrada de manifestantes no Parlamento. As forças de segurança, então, responderam com gás lacrimogêneo, balas de borracha e canhões de água.

Em meio à confusão, as Forças de Segurança Interna do Líbano pediram que todos os manifestantes deixassem imediatamente a região onde ocorriam os conflitos. Segundo as autoridades, alguns policiais precisaram ser levados a hospitais — alguns, segundo o governo, foram atacados dentro das unidades de saúde. (G1)


Greve em Paris contra a reforma da previdência gera caos no trânsito e no turismo

protesto_parisPor Andreyver Lima, direto de Paris

Quem já se preparava para entrar no Museu do Louvre, estranhou a demora no acesso às exposições. Munidos de seus tickets, comprados pela internet com hora marcada, turistas de todo o mundo aguardavam do lado de fora, num frio de 4°C.

Quando liberarada a entrada, após o entra e sai de seguranças, foi revelado o motivo. O movimento grevista de funcionários do Louvre, fazia mais uma manifestação contra a reforma da previdência.

Desde dezembro de 2019, os funcionários do Museu fazem paralisações e manifestações, seguindo os trabalhadores do transporte público, que já estão parados há dois meses.

CAOS NO TRÂNSITO

Os trabalhadores dos transportes públicos franceses se dizem dispostos a continuar a paralisação até a retirada da reforma das aposentadorias.

O trânsito na cidade de Paris está um completo caos, inclusive com motociclistas cortando calçadas e motoristas invadindo a faixa de pedestres.

O primeiro-ministro Édouard Philippe ofereceu neste sábado a retirada de uma das medidas mais polêmicas: os 64 anos como idade mínima para se aposentar com pensão integral. Hoje a idade legal é de 62 anos. A chamada “idade-pivô” bloqueava a negociação com a CFDT, o principal sindicato da França. Outros sindicatos, como a CGT, exigem a retirada completa da reforma.

A concessão pode ser o ponto de inflexão em um conflito que está desgastando o Governo e já custou mais de 800 milhões de euros (3,64 bilhões de reais) às empresas públicas de transporte.


Zona Verde de Bagdá, onde ficam embaixadas, é atingida por foguetes

Área das embaixadas em Bagdá - Zona VerdeDuas fortes explosões seguidas de sirenes foram ouvidas na capital iraquiana na noite desta quarta-feira (8).

Fontes de segurança locais confirmaram à Sputnik que dois foguetes caíram na Zona Verde, no centro de Bagdá, onde estão localizados prédios governamentais e instalações diplomáticas.

“Dois foguetes caíram na Zona Verde, no centro de Bagdá, ainda não há informações sobre danos”, disse a fonte.

Fontes policiais, citados pela Reuters, informaram que seriam três foguetes do sistema M270 que caíram na Zona Verde e foi iniciado um incêndio.

Posteriormente, os órgãos de segurança do Iraque comunicaram que não houve feridos com os foguetes que atingiram Bagdá.

Esta não é a primeira vez que a região foi atacada. No final do domingo, bombardeios pesados atingiram a Zona Verde. As forças armadas iraquianas disseram que pelo menos três projéteis, identificados como foguetes Katyusha MLRS de fabricação soviética, atingiram o centro de Bagdá. (Brasil 247)