Cessão de área da Ceplac consolida a implantação da UFSB

Ufsb_Ceplac_Mesa_Naomar_Foto_Josivaldo_Dias_09_06_15
Comunidade regional lotou o auditório da Ceplac ( fotos Josivaldo Dias)

Por Daniel Thame | Secom-BA

O processo de consolidação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) deu um passo importante com a assinatura, nesta terça-feira (9), do Termo de Cessão de um terreno da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), órgão do Ministério da Agricultura.

A área de 37 hectares, localizada nos municípios de Itabuna e Ilhéus, vai ser utilizada para a instalação da reitoria e do campus Jorge Amado, abrigando laboratórios, sala de aulas e demais estruturas do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências, do Centro de Formação em Tecnociências e o Centro de Formação em Agroflorestais.

Ufsb_Ceplac_Secit_Naomar_Foto_Josivaldo_Dias_09_06_15O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Manoel Mendonça, que representou o governador Rui Costa na solenidade, destacou ser “este um momento histórico para o sul da Bahia, já que a educação é o caminho para a retomada do desenvolvimento regional”.

Segundo o secretário, “o Governo do Estado trabalha para que o conhecimento acadêmico seja revertido em benefício da comunidade, incentivando a adoção de tecnologias que atendem demandas como a verticalização da cadeia produtiva do cacau, com a produção de chocolate, a agroecologia e a capacitação do setor de serviços”.

Ações integradas

Usb_Ceplac_publico_foto_Josivaldo_Dias_09_06_15O reitor da UFSB, Naomar Almeida, afirmou que “a cessão do terreno pela Ceplac vai agilizar a instalação dos equipamentos, que incluem um polo de tecnologia”. Ele disse que “a universidade tem um papel fundamental no desenvolvimento socioeconômico do sul da Bahia” e defendeu ações integradas pelos governos federal e estadual e a sociedade organizada, a exemplo do Programa Todos pela Educação, que tem a UFSB como parceira.Cepla_UFSB_Plenaria

Para a reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, “a UFSB e a Uesc vão somar esforços para superar os desafios, que passam por um período de transformações em que a cultura do cacau é importante, mas inclui setores como serviços, tecnologia e agroindústria, gerando um modelo de desenvolvimento sustentável”.

Ufsb_Ceplac_Assinatura_Cessao_Foto_Josivaldo_Dias_09_06_15Já o prefeito de Ibicaraí e presidente da Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc), Lenildo Santana, destacou que “estamos unidos em torno de um projeto que trabalha por uma educação universalizada e de qualidade, do ensino fundamental ao ensino superior, que resulta em inclusão social e oportunidades para todos”.

Além da área cedida pela Ceplac, a Universidade Federal do Sul da Bahia vai dispor de mais 40 hectares doados pela Prefeitura de Itabuna e outros 40 hectares pela Prefeitura de Ilhéus, totalizando 117 hectares para o campus Jorge Amado.