Justiça quer saída de professores acampados na prefeitura de Itabuna

Professores da rede municipal da Itabuna, no sul da Bahia acampados dentro do prédio da prefeitura do município. (Foto: Imagens/ TV Santa Cruz)
Professores da rede municipal da Itabuna na Prefeitua

Uma liminar da Justiça solicitou que os professores da rede municipal da Itabuna, no sul da Bahia, que estão acampados dentro do prédio da prefeitura do município desde a terça-feira (3), deixassem o local na noite desta quinta-feira (4). Os professores concordaram em desocupar o local na manhã de sexta-feira (5).

Segundo a assesoria de imprensa do Sindicato do Magistério Municipal de Itabuna (SIMPI), a categoria já tinha informado que sairia na sexta-feira. No mesmo dia será realizada uma assembleia, às 8h na frente da prefeitura.

Além de reintegrar o prédio púbico à administração o magistrado arbitrou multa diária de R$ 10 mil na hipótese de o Sindicato do Magistério Público Municipal de Itabuna (SIMPI) se recusasse a descumprir a ordem judicial.

A prefeitura informou ainda que mantém a proposta de reajuste de 8% aos professores, em duas parcelas, após as nove rodadas de negociações com o sindicato, que exige 13,01% aos professores dos níveis II e III.(g1)


Comentários