Programa estadual de microcrédito abre posto de atendimento no CAB

O Programa de Microcrédito do Estado (CrediBahia) abriu, nesta terça-feira (6), um posto de atendimento provisório no subsolo da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), localizada 2ª Avenida, Plataforma III, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.  

O espaço vai atender microempreendedores formais e informais interessados em financiamento de capital de giro e fixo com juros de 2% ao mês. O funcionamento será de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 15h, até a inauguração da nova unidade central do SineBahia, no Terminal de Integração Pituaçu, prevista para o dia 13 de abril. 

No total, serão disponibilizados R$ 100 milhões em linha de crédito especial destinada a 25 mil microempreendedores de todo o estado. Os limites de crédito vão de R$ 500 a R$ 21 mil, com até 24 meses para quitar e 6 meses de carência.  

A ação integra o programa Estado Solidário, lançado em março de 2021 pelo Governo da Bahia, que prevê ações em diversas áreas para apoiar a população durante a pandemia. 

O CrediBahia é uma parceria entre a Setre e a Desenbahia e tem o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e de prefeituras municipais. Para conferir os postos de atendimento nos demais municípios do estado, basta acessar o link: www.desenbahia.ba.gov.br/atendimento/microcredito-credibahia. Mais informações sobre o programa podem ser obtidas também por meio do telefone 0800 285 1626. 


Salvador retoma atividades não essenciais nesta segunda

De A Tarde

Após um mês de aplicação de medidas restritivas para conter a propagação da Covid-19 na Capital, a prefeitura de Salvador vai retomar, a partir desta segunda-feira, 5, atividades consideradas não essenciais e que foram suspensas durante o período de aumento no número de casos e internamentos em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). As novas medidas valem até o dia 12 de abril. 

Salvador retoma atividades não essenciais nesta segunda; confira o que muda

Diversos segmentos comerciais cujos estabelecimentos não estavam permitidos abrir as portas por conta das restrições funcionarão em dias e horários específicos, de forma escalonada. O objetivo, de acordo com a prefeitura, é impedir aglomerações, sobretudo no deslocamento dos trabalhadores às suas ocupações durante o uso do transporte público.

Na última quinta-feira, 1, a prefeitura apresentou o plano de retomada de acordo com quatro fases. A roxa, que é a qual Salvador está atualmente, possui apenas atividades essenciais abertas. A vermelha, a ser iniciada a partir de segunda, prevê a retomada dos serviços não essenciais de forma escalonada, suspensão de alguns setores por pelo menos dois dias da semana e alteração do horário do toque de recolher.

Confira o que muda

Toque de recolher:

Muda das 18h às 5h para 20h às 5h,  até o dia 12 de abril

Funciona 24h

Postos de combustíveis; borracharias; centrais de telecomunicações (call centers) que operem em regime de 24h; correios e empresas de entrega de encomendas e mercadorias; cemitérios e serviços funerários; cartórios de registro das pessoas naturais; atividades industriais, com exceção da indústria de construção civil. 

Funciona todos os dias:

Serviços de saúde, supermercados, panificadoras, delicatessens, açougues e conveniências, farmácias e drogarias, agências bancárias, lotéricas, laboratórios de análises clínicas, postos de combustíveis, call centers, oficinas mecânicas e borracharias, cemitérios e serviços funerários, hotéis, pousadas e demais estabelecimentos de alojamento, academias de ginástica e similares, cursos livres, templos religiosos e igrejas. 

* O funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas fica limitada à ocupação de no máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos.

*Também está autorizado o funcionamento de escolas, exclusivamente para utilização das instalações com a finalidade de gravação e transmissão de aulas virtuais, observado o protocolo geral para funcionamento das atividades; 

Funciona de segunda a sexta:

Atividades da construção civil (7h às 16h), clínicas de estética (7h às 15h), indústria (7h às 15h), funcionalismo público não essencial (9h às 16h), escritórios administrativos, contabilidades, consultoria e similares (10h às 17h), escritórios de advocacia (10h às 17h) e autoescolas (10h às 19h).

Funciona de terça a sábado 

Comércio de rua (de 10h às 18h, sendo que aos sábados esses estabelecimentos estarão livres para abrir qualquer horário. Fechamento permanece o mesmo, às 18h), shoppings centers, centros comerciais e semelhantes (de 10h às 18h, sendo que os prestadores de serviços localizados nesses locais devem obedecer ao horário dos centros de compras), barbearias, salões de beleza e similares (10h às 18h).

Funciona de quarta a domingo:

Restaurantes e bares (das 10h às 18h),  permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

Os estabelecimentos instalados em shoppings devem obedecer ao fechamento dos centros de compras, que é às 18h, exceto quando houver entrada independente, que, aí sim, ficará sob o regime do próprio setor. As lanchonetes poderão abrir de 7h às 15h. 

Ônibus

Das 5h às 20h30, até 12 de abril.

Transporte aquaviário

A circulação dos ferry boats deverá ser suspensa das 20h30 às 5h, no período de 5 de abril a 9 de abril. Fica proibido o funcionamento nos dias 10 e 11 de abril. 

A circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 20h30 às 5h, de 5 de abril a 12 de abril, e limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação no período de 10 e 11 de abril.

Venda de bebidas alcóolicas 

Permanece proibida no final de semana de 9 a 12 de abril. Nos dias de semana,  a compra é permitida.

Continuam fechados:

Centros culturais, museus e galerias de arte, clubes sociais, recreativos e esportivos, cinemas, teatros, espaços de eventos sociais (casamento, aniversário, bodas, formatura e similares), espaços de eventos infantis, parques de diversão e parques temáticos, campos e quadras públicas, centro e espaços de convenções, praias e parques.

Continuam proibidos

Atividades esportivas amadoras, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações;

Eventos e atividades, independentemente do número de participantes, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas coletivas em academias de dança e ginástica, durante o período de 5 de abril até 12 de abril.

O não cumprimento das medidas estabelecidas será caracterizado como infração à legislação municipal e sujeitará o infrator às penalidades e sanções, incluindo suspensão e cassação dos alvarás de funcionamento dos estabelecimentos.


Durante restrições em Salvador, 117 motoristas são autuados por desrespeitar Lei Seca

Durante restrições em Salvador, 117 motoristas são autuados por desrespeitar Lei Seca

Mesmo com as medidas restritivas de combate à Covid-19 na capital baiana, 117 motoristas foram autuados ao serem pegos descumprindo a Lei Seca em operações da Transalvador. 

Entre os dias 19 de fevereiro até a quinta-feira (11), 1.366 condutores foram abordados. Desse total, 117 foram autuados, 59 tiveram as carteiras de habilitação (CNHs) recolhidas e 72 veículos foram retidos, de acordo com informações divulgadas pelo órgão. 

O superintendente da Transalvador, Marcus Vinicius Passos, destaca a importância da fiscalização para conscientização dos motoristas. Ele ainda chama atenção para a preservação de vidas, principalmente, neste momento de enfrentamento à Covid-19.

“Acidentes de trânsito são um dos principais problemas de saúde pública do país. Ações como a blitz da Lei Seca são importantes para coibir um dos principais causadores de sinistros viários, que é a combinação álcool e direção. Neste momento que as unidades de saúde estão sobrecarregadas, é muito importante evitarmos ocorrências indevidas no trânsito para, consequentemente, diminuir as demandas nos hospitais”, explica.


Estácio lança novo formato de ensino para cursos de graduação

Atendendo a uma demanda do mercado, a Estácio lança no primeiro semestre de 2021 uma nova modalidade para cursos de graduação: a semipresencial, unindo o que há de melhor nos mundos digital e presencial. O novo modelo nasce dentro da matriz de conteúdo dos cursos presenciais e digitais da Estácio e, por conta disso, terá vantagens em relação aos modelos híbridos já existentes.

Os alunos receberão a maior parte do conteúdo dentro da plataforma digital da Estácio, já padronizado para todos os modelos, e, a partir do segundo período, terão a possibilidade de escolher as disciplinas que cursarão no modelo presencial, garantindo, assim, a experiência do campus, até duas vezes por semana. Eles farão parte de turmas já existentes, com os professores e alunos dos cursos presenciais. Já no primeiro semestre, serão ofertados 25 cursos, de todas as áreas, especialmente Engenharia e Saúde. O estudante contará com um modelo de ensino nacionalizado, com o mesmo diploma das outras modalidades. Para os alunos formados, possuir um diploma reconhecido nacionalmente é um grande diferencial no mercado de trabalho.

Os alunos vão ter acesso a um conteúdo digital de alta qualidade, que vai permitir mais independência para buscar os conteúdos disponíveis na plataforma digital. Segundo Adriano Pistore, Vice-presidente de Operação Presencial da Estácio, a metodologia utilizada é única, inovadora e conecta a expertise do presencial com a inteligência do digital, tornando a sala de aula mais interativa e colaborativa.

“O grande segredo do semipresencial é a utilização da matriz de ensino comum a todos os modelos de ensino. A partir dessa mesma fonte de conteúdo, podemos unir o melhor do mundo digital e do mundo presencial em um novo produto. Com isso, conseguimos equilibrar a oferta e atender a todas as possibilidades, tanto financeiras, quanto de flexibilidade de tempo, para aqueles que também querem o contato presencial. Perfeito para quem quer ter flexibilidade de horário, mas não abre mão da experiência em sala de aula”, explica.   


Empreendimentos solidários da RMS ingressam em marketplaces de grandes shoppings

O Centro Público de Economia Solidária da Região Metropolitana de Salvador (Cesol RMS1), ligado à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), estabeleceu parceria com o Salvador Norte Shopping e o Salvador Shopping e passa a comercializar os produtos dos empreendimentos atendidos através dos marketplaces dos dois centros comerciais.

Os marketplaces são plataformas virtuais que permitem que diferentes lojistas vendam seus produtos. “Foi um convite feito pelos shoppings e acolhemos com muita alegria, por entender esta como uma grande oportunidade de incremento da comercialização”, comemora a coordenadora do Cesol, Karla Uckonn.

As vendas e entregas são operadas pelos shoppings e podem ser realizadas em uma mesma sacola com produtos das demais lojas. “De fato, ingressar em marketplaces de maior porte trouxe desafios operacionais. O Cesol contou então com assessoria específica para adequar alguns protocolos relacionados ao estoque, curadoria e fotografia dos produtos”, pontuou Karla.

Para o titular da Setre, Davidson Magalhães, a economia solidária da Bahia está em sintonia com os novos hábitos de consumo. “Estudos mostram que o comercio eletrônico cresceu significativamente durante a crise sanitária e a tendência é que o hábito de comprar pela internet continue no pós-pandemia. Dessa forma, foi fundamental que os empreendimentos solidários se renovassem, principalmente com o uso tecnológico e parcerias para escoamentos dos produtos”, ressaltou.

O Cesol Salvador oferece assistência técnica a 128 empreendimentos econômicos solidários. Para ter acesso aos produtos nas plataformas dos dois centros comerciais basta acessar:

salvadorshoppingonline.com.br/store/cesol

salvadornorteonline.com.br/store/cesol


Estácio de Salvador realiza oficina gratuita Trabalhabilidade em foco

A Estácio de Salvador realiza, no próximo dia 2 de outubro às 19h30, por meio da plataforma MS Teams, a oficina Trabalhabilidade em Foco – “Criando um currículo diferenciado para uma maior empregabilidade”. A atividade é aberta ao público em geral no limite da capacidade da plataforma e a inscrição gratuita pode ser realizada por meio do link:   http://bit.ly/Curriculo8

O evento, promovido pelo curso de Recursos Humanos da Estácio, campus Fratelli Vita, tem por objetivo promover diversos momentos para a potencialização da trabalhabilidade dos seus alunos e da comunidade interessada.

Para a Alessandra Giovana, professora do curso de Recursos Humanos da Estácio Salvador e facilitadora da oficina, é fundamental a apresentação de um currículo assertivo, pois ele trará a primeira impressão sobre o candidato. “O currículo é atrativo? Desperta a curiosidade para conhecer mais o candidato? Esses são apenas alguns dos pontos fundamentais para se pensar quando vamos criar um currículo realmente diferenciado.”

Serviço: 

Atividade: Oficina de currículo

Tema: Trabalhabilidade em Foco – “Criando um currículo diferenciado para uma maior empregabilidade”

Quando: 2 de outubro de 2020 – sexta-feira

Onde: plataforma MS Teams

Horário: 19h30

Inscrições pelo link:  http://bit.ly/Curriculo8


Cesol de Salvador lança podcast com histórias de empreendimentos solidários

Com o objetivo de promover e incentivar a diversidade da rede de empreendimentos solidários, o Centro Público de Economia Solidária (Cesol) da Região Metropolitana de Salvador 1 lançou, nesta sexta-feira (18), o podcast “Nossa História em 1 Minuto”. O primeiro episódio já está disponível no Instagram @cesol_salvador. Sempre às sextas-feiras, o Cesol promete trazer novos personagens e divulgar, aos sábados e domingos, os produtos dos empreendedores destacados no quadro.

De acordo com a coordenadora do Cesol, Karla Uckonn, o novo projeto é um instrumento lúdico de fortalecimento das identidades dos produtores, empreendimentos e redes de economia solidária. “É importante falar que este não é um projeto de marketing, mas uma iniciativa que busca apresentar o aspecto mais importante e transformador que ocorre, a estruturação de uma narrativa da sua própria história. Esse ato, por si só, tem um papel fundamental no fortalecimento da identidade de um indivíduo e de um grupo, levando a uma reflexão sobre seus sentimentos, suas vidas, seus trabalhos e seus propósitos enquanto sujeitos”, ressalta.

A artesã Dina Santos, do empreendimento Tradição, é o destaque da estreia do podcast. Ela acredita que a economia solidária é a união de ideias e ações para o bem comum e destaca que fazer parte do Cesol ampliou seu processo criativo, com uma nova perspectiva sobre suas criações e sobre si própria, se reconhecendo como artesã.

A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) possui 13 Centros Públicos de Economia Solidária em funcionamento. O Cesol de Salvador/RMS 1 foi inaugurado em 2013 e atualmente oferece apoio técnico para 128 empreendimentos.


Estácio Salvador realiza atendimento nutricional virtual e gratuito nos meses de setembro e outubro

A Estácio da Bahiapor meio do curso de Nutrição, realiza semanalmente, nos meses de setembro e outubro, um plantão virtual para atendimento nutricional gratuito à comunidade. A atividade será conduzida pelos estagiários de Nutrição Clínica sob a supervisão dos professores do curso de Nutrição da Estácio.

Os interessados devem preencher uma ficha de agendamento que está disponível no linkhttps://forms.office.com/Pages/ResponsePage.aspx?id=zIHgKT-YUk2x0BA1lSE7xqLk7V3Hxd1EuvHTZTyDb7FUMTVMOEJJSVk3V0xRS1NUMFJDWURTR0hDRS4u

O serviço será prestado virtualmente sempre às quartas-feiras nos seguintes horários: 8h, 9h, 14h e 15 horas. Participarão do projeto 10 estagiários de Nutrição Clínica, o professor Cléber Leal e a coordenadora do curso de Nutrição da Estácio, Mayara Cardoso de Lima


Salvador mantém fechamento do comércio, shoppings, escolas e restaurantes

ACM Neto mantém fechamento do comércio, shoppings, escolas e restaurantesO prefeito ACM Neto (DEM) estendeu nesta segunda-feira (4) o fechamento do comércio, shoppings centers, bares e restaurantes, além de outros serviços como medida para conter o avanço da Covid-19 em Salvador. Agora, a suspensão dessas atividades vale até o dia 18 de maio.

Academias de ginástica, cinema, teatros, clubes sociais também continuam impedidos de funcionar até o dia 18. A população continuará proibida de utilizar as praias da cidade na capital baiana. “As atividades do comércio de rua que estão suspensas, continuarão suspensas”, falou ACM Neto.

Continuam suspensas também, por determinação do prefeito, as atividades na rede de ensino de Salvador. “Infelizmente não há perspectiva de retorno das atividades acadêmicas em nossa cidade. […] Prefeitura e rede de ensino farão todo o esforço para que não haja qualquer risco para o ano letivo de 2020”, disse o prefeito.

Segundo ACM Neto, há uma equipe na prefeitura empenhada em estabelecer um protocolo para o retorno das atividades em Salvador. Não há, porém, data ou prazo para tal.


Coronavírus pode levar também a cancelamento do 2 de Julho

Cortejo cívico celebra 2 de Julho em Salvador; veja programação ...Diante da recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) de evitar aglomerações contra a pandemia do novo coronavírus, as comemorações do tradicional desfile do Dois de Julho, que celebra o aniversário da Independência do Brasil na Bahia e se torna uma festa politica em anos eleitorais, podem não ocorrer este ano.

Assim como a Lavagem do Senhor do Bonfim é considerada como a inauguração do calendário político no estado, o Dois de Julho é outra festa popular utilizada, inclusive, como uma espécie de “termômetro de popularidade” daqueles que estão na vida pública e querem disputar cargos eletivos.

Em virtude das eleições municipais deste ano, a festa era esperada, principalmente, pelos pré-candidatos a prefeito e à Camara Municipal este ano, que desejavam participar do evento, do mesmo jeito que fazem políticos desde meados  do século 19.  A necessidade de controlar o surto da Covid 19, entretanto, pode mudar planos.

(mais…)