UESC ofereceu quatro árbitros nas Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016

uesc olim 2Não dá para descrever o sentimento de estar participando da Olimpíada Rio-2016, de ser lembrado residindo aqui, na Bahia, o que demonstra que não importa de onde você vem se trabalha com paixão e desprendimento por aquilo que acredita.” A afirmação é do professor Ms. do curso de Educação Física Alberto Barretto Kruschewsky da Universidade Estadual de Santa Cruz(UESC), depois da sua atuação como Oficial Técnico na prova de Triáthlon na Olimpiada Rio-2016 e antes de embarcar para participar da Paraolimpíada, quando volta a atuar como árbitro.

A UESC, foi a única universidade com quatro árbitros presentes na Olimpíada e Paralimpíada Rio 2016: o professor Alberto Kruschewsky, Daniel Mazutti, Cláudio Damião e Débora Arantes (hoje na Federação Paulista).

Kruschewsky lembra que “chegar no Rio, ser aguardado e cuidado por todos, ter uma identificação e a oportunidade de vestir o uniforme de Oficial Técnico de uma entidade reconhecida pelo trabalho que faz, não tem preço. Trabalhar com os melhores Oficiais Técnicos de cada país, participante em triathlon mundial, é um prêmio sem igual. Fazer isso em seu país e, principalmente, constatar que no comitê local estavam pessoas também apaixonadas pelo esporte, que se dedicaram e tudo fizeram para que tivéssemos o melhor evento do mundo, é uma emoção sem igual.”


Comentários