Mulheres da agricultura familiar são capacitadas na agroindústria da UESC

ascom-cooperast

A Cooperativa de Desenvolvimento Territorial -COOPERAST, entendendo a importância das agroindústrias para o desenvolvimento socioeconômico dos pequenos agricultores familiares, promoveu nesta quinta-feira (11), em parceria com a Universidade Estadualde Santa Cruz – UESC, a capacitação técnica das agricultoras familiares em processamento de frutas.

Utilizando a técnica de aulas teóricas e práticas, expositivas e dialogadas e utilização de grupos de trabalhos. Foram capacitadas pelo professor Antônio Fábio Reis Figueiredo, no Pavilhão de Agroindústria da UESC, as mulheres associadas da Embaúba (Associação de Produtores Orgânicos da APA Itacaré-Serra Grande).

Para Vinícius Monteiro, Diretor Presidente da COOPERAST, a função da cooperativa é promover parcerias para fortalecer as entidades parceiras, uma vez que, a EMBAUBA (Associação de Produtores Orgânicos da APA Itacaré-Serra Grande), está em processo de montagem de uma fábrica de processamento de frutas e levando estas mulheres envolvidas nesta montagem a um centro de pesquisa, fazendo com que elas possam aprender ainda mais na prática tudo que necessitam para usar no dia-dia de uma fábrica.


Palestra da Semana Sebrae tem público recorde em Itabuna

Palestra sebrae itabunaCerca de 1.200 pessoas foram conferir a abertura do evento, no dia 29 de agosto, com o ex-capitão do Bope, Paulo Storani.

A megapalestra gratuita “Construindo uma Tropa de Elite”, proferida pelo ex-capitão do Bope, Paulo Storani, foi sucesso de público entre empresários, empreendedores e estudantes do Sul da Bahia. Uma plateia recorde de 1.200 pessoas lotou o evento de abertura da Semana Sebrae de Capacitação Empresarial, em Itabuna. “Esse número é sete vezes maior do que o registrado na abertura da Semana, em 2015, e, também, é o maior público já presente em um evento regional”, explica o gerente-adjunto do Sebrae, Michel Lima.

Paulo Storani liderou o Batalhão de Operações Policiais Especiais do Rio de Janeiro durante seis anos e atuou como consultor dos filmes “Tropa de Elite” 1 e 2. Mestre em antropologia, especializado em administração pública e gestão de recursos humanos, hoje, aos 53 anos, ele usa a experiência do trabalho em situações de conflito para motivar empresários a construir equipes de alto desempenho.

“Os empresários devem basear-se em processos de excelência na seleção da equipe, capacitação e nível de empenho, independente do contexto econômico, aprendendo a superar limites”, orienta.

Entre os participantes do evento, o microempresário de Itabuna, Mateus Moraes, sócio de uma distribuidora de bebidas, com bar e espaço de eventos, veio aprimorar o seu método de gestão. “Em apenas um ano e meio de atividade já somos referência no setor e temos diferenciais como o serviço de delivery e um forte atuação nas redes sociais”, afirma.

A administradora de empresas Jane Reis, de Itabuna, iniciou, há três meses, como microempreendedora, a venda de roupas e calçados. “Espero aprender mais sobre empreendedorismo e mercado, para dar um novo passo que é abrir uma loja”, planeja.


UFSB apresenta Projeto Arquitetônico do novo campus Itabuna

UFSB_ILUSTRAÇÃOA Universidade Federal do Sul da Bahia realizará, nessa segunda-feira (18/04), às 9 horas, uma cerimônia de apresentação do Projeto Arquitetônico do Núcleo Pedagógico do Campus Jorge Amado, no Auditório da CEPLAC.

A apresentação será realizada pelo Reitor da Universidade, Naomar Almeida, e a responsável pelo projeto, a arquiteta Silvia Kimo. Na ocasião, serão feitas visitas aos laboratórios da CEPEC (Centro de Pesquisas do Cacau) e ao canteiro de obras do Bloco Pedagógico.

Foram convidados para o evento os prefeitos de Ilhéus e Itabuna, Jabes Ribeiro e Claudevane Leite, diretores da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, a comunidade acadêmica e reitores das universidades estaduais baianas.


Movimento propõe estimular economia via pequeno negócio

Uma proposta acaba de ser lançada em favor do fortalecimento da economia brasileira: compre da pequena e microempresa e resguarde fatia importante da riqueza do país e do mercado de trabalho nacional. Os pequenos e micro negócios são mais de 10 milhões em todo o país, têm faturamento de até R$ 3,6 milhões por ano e geram o equivalente a 27% do Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todas as riquezas produzidas pelo Brasil.

Essa é a proposta do movimento nacional de estímulo ao consumo de serviços e produtos comercializados por pequenas e microempresas nacionais, lançado semana passada pelo Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae), vinculado à Secretaria da Micro e Pequena Empresa, da Presidência da República.

Destacando o ineditismo da campanha – o Sebrae nunca utilizou iniciativa com tal dimensão em 42 anos de atuação –, o presidente da instituição, Luís Barreto, lembrou que os pequenos empreendimentos, mas que representam 95% do total das empresas registradas no país, são majoritários na geração de empregos com carteira assinada: 52%, ou acima de 17 milhões de vagas. No comércio, 70% das vagas estão nas PMEs.

“Isoladamente, uma empresa representa pouco. Mas, juntas, elas são decisivas para a economia e não se pode pensar no desenvolvimento do Brasil sem elas”, destaca a nota do Sebrae.


Itabuna: Ronaldo Abude foi eleito para a presidência da ACI

Eleição da nova diretoria da ACI 15.06. 15 (3)

Por Viviane Cabral

A Associação Comercial e Empresarial de Itabuna – ACI elegeu na noite desta segunda-feira, 15, o empresário Ronaldo Abude Eustáquio da Silva para presidir a entidade no período de 2015-2017. Junto, foram escolhidos os integrantes da Assembleia Geral, do Conselho Diretor e da Comissão de Contas. A data da posse da nova diretoria está sendo definida.

Atuando há 20 anos no ramo de Agronegócio em Itabuna, Ronaldo Abude estará assumindo a presidência da entidade mais antiga do município, com o objetivo de desenvolver, junto a classe empresarial, ações voltadas para o desenvolvimento local. “Inicialmente, estarei mostrando aos meus colegas empresários a importância da ACI, e que podemos desenvolver ações que sejam para o bem comum de todos”, declarou.

Abude cita ainda que o trabalho desenvolvido no Espírito Santo – “Espírito Santo em Ação”, que visa a solução de problemas em comum, na sociedade, foi o grande incentivador para que ele pudesse contribuir para a mudança na própria cidade que reside. “É muito ruim ter uma empresa de sucesso e não vê a sua cidade se desenvolver nessa mesma proporção. Dá certa frustração, e, foi com esse sentimento que resolvi fazer alguma coisa para mudar essa situação”.

Ronaldo Abude e Luiz Ribeiro Eleição da nova diretoria da ACI 15.06. 15 (1)
Ronaldo Abude a esq. e Luiz Ribeiro a dir.

A valorização da classe empresarial e o espaço aberto ao debate com a sociedade em geral, foram algumas das conquistas obtidas pela Associação ao longo da gestão do empresário Luiz Roberto Vieira Ribeiro. “Independente de ser sócio ou não da entidade, fiz questão de deixar as portas abertas nas reuniões de segunda-feira, para que as pessoas participassem, porque eu acho que a Associação não tem só a cara do comércio, do empresário, ela tem a cara de Itabuna”.

Dentre as recentes conquistas, o presidente destaca a aprovação do voto aberto na Câmara de Vereadores de Itabuna. A iniciativa é resultado de um clamor da sociedade itabunense, que junto a imprensa e às mobilizações nacionais defenderam a transparência nas decisões políticas. “A campanha encabeçada pela entidade alcançou o seu objetivo, que foi permitir que a população tivesse conhecimento das decisões de cada legislador”.

Composição

O Conselho Diretor é composto pelo Presidente Ronaldo Abude Eustáquio da Silva e os vice-presidentes Eduardo Oliveira Carqueija Júnior, Eliane Nunes, Erick Ettinger Júnior, Silvio Roberto de Souza Oliveira e Paulo Peixinho.

A Assembleia Geral é integrada pelo Presidente Luiz Roberto Vieira Ribeiro, 1º Secretário José Moreira Laytynher e 2º Secretário Eduardo Fontes Neto. Já na Comissão de Contas fazem parte, Erivaldo Pereira Benevides, Juscelino Victor Cruz, Rodrigo Barros, Wandick Rosas, Antônio Carlos Lemos e Hélio Silva Nascimento Filho.

 


Cessão de área da Ceplac consolida a implantação da UFSB

Ufsb_Ceplac_Mesa_Naomar_Foto_Josivaldo_Dias_09_06_15
Comunidade regional lotou o auditório da Ceplac ( fotos Josivaldo Dias)

Por Daniel Thame | Secom-BA

O processo de consolidação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) deu um passo importante com a assinatura, nesta terça-feira (9), do Termo de Cessão de um terreno da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), órgão do Ministério da Agricultura.

A área de 37 hectares, localizada nos municípios de Itabuna e Ilhéus, vai ser utilizada para a instalação da reitoria e do campus Jorge Amado, abrigando laboratórios, sala de aulas e demais estruturas do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências, do Centro de Formação em Tecnociências e o Centro de Formação em Agroflorestais.

Ufsb_Ceplac_Secit_Naomar_Foto_Josivaldo_Dias_09_06_15O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Manoel Mendonça, que representou o governador Rui Costa na solenidade, destacou ser “este um momento histórico para o sul da Bahia, já que a educação é o caminho para a retomada do desenvolvimento regional”.

Segundo o secretário, “o Governo do Estado trabalha para que o conhecimento acadêmico seja revertido em benefício da comunidade, incentivando a adoção de tecnologias que atendem demandas como a verticalização da cadeia produtiva do cacau, com a produção de chocolate, a agroecologia e a capacitação do setor de serviços”.

Ações integradas

Usb_Ceplac_publico_foto_Josivaldo_Dias_09_06_15O reitor da UFSB, Naomar Almeida, afirmou que “a cessão do terreno pela Ceplac vai agilizar a instalação dos equipamentos, que incluem um polo de tecnologia”. Ele disse que “a universidade tem um papel fundamental no desenvolvimento socioeconômico do sul da Bahia” e defendeu ações integradas pelos governos federal e estadual e a sociedade organizada, a exemplo do Programa Todos pela Educação, que tem a UFSB como parceira.Cepla_UFSB_Plenaria

Para a reitora da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Adélia Pinheiro, “a UFSB e a Uesc vão somar esforços para superar os desafios, que passam por um período de transformações em que a cultura do cacau é importante, mas inclui setores como serviços, tecnologia e agroindústria, gerando um modelo de desenvolvimento sustentável”.

Ufsb_Ceplac_Assinatura_Cessao_Foto_Josivaldo_Dias_09_06_15Já o prefeito de Ibicaraí e presidente da Associação dos Municípios do Sul, Extremo-Sul e Sudoeste da Bahia (Amurc), Lenildo Santana, destacou que “estamos unidos em torno de um projeto que trabalha por uma educação universalizada e de qualidade, do ensino fundamental ao ensino superior, que resulta em inclusão social e oportunidades para todos”.

Além da área cedida pela Ceplac, a Universidade Federal do Sul da Bahia vai dispor de mais 40 hectares doados pela Prefeitura de Itabuna e outros 40 hectares pela Prefeitura de Ilhéus, totalizando 117 hectares para o campus Jorge Amado.

 


Simões critica falta de iniciativa da prefeitura sobre UFSB

Geraldo-SimoesO ceplaquiano e ex-deputado federal Geraldo Simões reclamou em sua página no Facebook, da pouca iniciativa da prefeitura de Itabuna ao longo dos anos sobre o processo de implantação e funcionamento da Universidade Federal do Sul da Bahia(UFSB).

A preocupação do petista aumentou quando soube da iniciativa e liderança do superintendente regional da Comissão Executiva do Plano Executivo da Lavoura Cacaueira (Ceplac) Juvenal Maynart, de fazer a cessão definitiva em curto período de tempo de um pedaço do terreno da organização, para UFSB construir parte de suas instalações. E a prefeitura de Itabuna até o momento ficar apenas na promessa.

“O município de Itabuna é quem deveria ser o primeiro a se movimentar, garantir o terreno em seu território, se interessar pela implantação dessa instituição que será o passaporte para nosso desenvolvimento”, questionou Geraldo Simões, um dos principais responsáveis pela conquista da  UFSB.

Ainda segundo Geraldo, Itabuna sofre pela falta de liderança do gestor do Centro Administrativo Firmino Alves. “Essa falta de apetite não apenas manda um sinal negativo para a sociedade, como também prejudica a própria agenda de implantação, com risco de perder recursos, como já ocorreu.”, finalizou o petista.


Sai 3ª lista prévia com novos selecionados para o Minha Casa, Minha Vida

selo-minha-casa-minha-vida-cerbras-ceramicas-do-brasil

A Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria de Assistência Social – SAS divulgou hoje a terceira lista com os nomes de 493candidatos pré-selecionados a receber um imóvel do programa Minha Casa Minha Vida, na região de Ferradas.

Confira a lista.

Os pré-selecionados devem apresentar à Secretaria da Assistência Social originais e fotocópias de documentos pessoais e das pessoas que com eles residam, a partir de terça feira, dia 9, e ate o dia 19 de junho, das 8 às 14 horas.

Assim que concluída a etapa de entrega dos documentos e atualização do CadÚnico, a lista com os nomes dos selecionados será envida para a Caixa Econômica Federal – CEF onde serão analisadas todas as informações dos beneficiários. A primeira lista foi divulgada pela Prefeitura de Itabuna em 12 de janeiro e a segunda no dia 18 de março passado.


Solenidade marcará doação de terreno da CEPLAC para a UFSB

CEPLAC-UFSB-copy1Por Malu Carvalho

No dia 09 de junho, a Universidade Federal do Sul da Bahia terá seu marco histórico: a Solenidade de assinatura do Termo de Cessão de terreno da CEPLAC destinado à implantação do campus Jorge Amado.

O terreno será de grande valia para a Universidade que poderá dar início às construções dos prédios que abrigarão laboratórios, sala de aulas e demais estruturas acadêmica-administrativas para o Instituto de Humanidades, Artes e Ciências, para o Centro de Formação em Tecno-Ciências e Inovação e para o Centro de Formação em Ciências e Tecnologias Agro-Florestais.

A área http://www.pimenta.blog.br/wp-content/uploads/2015/06/UFSB-Campus-Jorge-Amado.jpgcedida possui 37 hectares de superfície. Para a continuidade do projeto, a Prefeitura Municipal de Itabuna fará a desapropriação de 40 hectares destinados à construção da reitoria. Uma área equivalente é esperada da Prefeitura Municipal de Ilhéus, finalizando então toda a área do campus Jorge Amado, que abrangerá as cidades de Itabuna e Ilhéus.

Foram convidados para o evento o Governador do Estado, Rui Costa; a Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Regina de Abreu; o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, José Aldo Rebelo Figueiredo; Parlamentares Federais e Estaduais; Prefeitos de Itabuna, Ilhéus, Coaraci, Itajuípe, Ibicaraí, Porto Seguro e Teixeira de Freitas; Câmaras de Vereadores dos referidos municípios; Reitores das Universidades Públicas do Estado da Bahia; representantes da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, entidades e ONG’s da Região Sul do Estado da Bahia.

A solenidade ocorrerá no dia 09 de junho, às 11 horas no Auditório do Centro de Pesquisas do Cacau na CEPLAC, localizado no Km 22 da BR 415, Rodovia Ilhéus/Itabuna, Ilhéus-BA.