Sindae e funcionários da Emasa protestam em Itabuna

Protesto EmasaDezenas de funcionários da Empresa Municipal de Água e Saneamento-EMASA e o sindicato da categoria, o Sindae, fizeram um protesto pela Av. do Cinquentenário na tarde de ontem(10), contra o projeto de privatização da Emasa que vai tramitar na Câmara Municipal de Vereadores.

Segundo Erik Maia dirigente do Sindae, a proposta do prefeito Vane de concessão da Emasa para iniciativa privada, “na verdade é uma privatização,   um absurdo, pois vai retirar direitos dos trabalhadores e deve aumentar a tarifa de água, punido a população que já vem sofrendo com a falta de água potável a 8 meses”.

O Sindae defende o retorno da Emasa para o Estado já que o município se mostra incapaz de investir na empresa, sendo que “nos últimos três anos a atual gestão não fez uma obra da empresa, apenas encheu de cargos de confiança.”


Comentários