Seminário de professor indígena do sul da Bahia aconteceu em Ilhéus

MG_5416-1
Seminário dos professores indígenas do sul foi realizado em Ilhéus (foto Ricardo Sallum).

Com o tema “Os desafios da educação escolar indígena no atual contexto”, a equipe sul da Bahia do Cimi Regional Leste, conjuntamente com professores e lideranças dos povos Tupinambá de Olivença e Pataxó Hã-Hã-Hãe realizaram o seminário dos professores do sul da Bahia.

O evento ocorreu no período de 31 de julho a 01 de agosto de 2015 na Aldeia Acuípe de Baixo, território Tupinambá, município de Ilhéus e contou com a presença de mais de 100 pessoas.

A partir do tema, três eixos foram aprofundados: “Educação diferenciada?” abordado pelo Prof. Drº José Valdir Jesus de Santana da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). “O perfil do professor indígena”, abordado pelo Prof. Astor Viera Júnior, da rede estadual.

O missionário Haroldo Heleno da equipe do Cimi no sul da Bahia destacou três objetivos centrais da estratégia de ataques aos direitos dos povos indígenas: 1- Impedir o reconhecimento e a demarcação das terras tradicionais que continuam invadidas, na posse de não índios. 2- reabrir e rever procedimentos de demarcação de terras indígenas já finalizados. 3- Invadir, explorar e mercantilizar as terras demarcadas, que estão na posse e sendo preservadas pelos povos.

O encontro promovido pelo Cimi contou com a participação dos educadores e educadoras indígenas, lideranças tradicionais, representantes do MST, Teia dos Povos, Thydêwá, Universitários, Representantes da Secretaria Municipal de Educação de Ilhéus, Secretaria de Educação do Estado da Bahia, Fundação Nacional do Índio. Fonte: CIMI Sul da Bahia.


Comentários