Sem salários, terceirizados ocuparam Núcleo Regional de Educação em Itabuna

Ocupacao_nre_19_abril_2016Na última quarta-feira, 20, trabalhadores terceirizados das escolas estaduais da região Sul da Bahia, ocuparam a sede do Núcleo Regional de Educação em Itabuna(NRE5). Eles reivindicam junto à diretoria do Núcleo pagamento de salários, vale transporte e vale alimentação com mais de dois meses de atrasos.

Prestadores de serviços essenciais nas unidades escolares como serviço de portaria, cozinha, limpeza, e  no administrativo, os terceirizados sofrem  com os repetidos atrasos, prejudicando o andamento das atividades e a vida dos profissionais. A situação piorou  com a notícia de algumas demissões a partir dos próximos dias de terceirizados pela Secretaria da Educação.

“Vamos continuar lutando para garantir o direito dos trabalhadores terceirizados. Não é aceitável o trabalhador assalariado ficar sem receber sua remuneração,  e agora tem até perspectiva ruim de demissões”, frisa José Carlos, coordenador regional do  Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza da Região Sul e Extremo Sul da Bahia (Sindilimp).


Comentários