Presidente da Amurc debateu estratégias de combate a seca em Itapetinga

Reunião em Itapetinga 23.12.15Com o objetivo de construir alternativas locais e coletivas de combate a seca que afeta as regiões o Sul e o Sudoeste da Bahia, o presidente da Associação dos Municípios da Região Cacaueira – Amurc e prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana participou de uma reunião coordenada pelo prefeito de Itapetinga José Carlos Moura nesta terça-feira, 22.

O encontro reuniu representantes das secretarias municipais da cidade, do setor financeiro, como o Banco do Brasil e do Nordeste, do setor produtivo, como fazendeiros, dirigentes de cooperativas, e empresários do setor agrícola.

De acordo representantes de cooperativas de agricultores e pecuaristas da região, a produção de leite da Bacia de Itapetinga reduziu a produção diária de 35 mil litros para 7 mil. E segundo levantamentos da própria cooperativa, morreram depois da 120 dias de estiagem mais de 1.200 cabeças de gado, vitimada pela forte seca que afetam todos municípios vizinhos, e já impacta negativamente no comércio com redução nas vendas e demissões.

O prefeito Lenildo orientou aos municípios a elaborarem o decreto de emergência para ser encaminhado ao Ministério da Integração Nacional e a Defesa Civil da Bahia para possibilitar ajuda com recursos financeiros e equipamentos. “Agente precisa falar coletivo e não adianta agora achar culpados pela seca”, sugeriu Lenildo. O presidente acrescentou a necessidade de medidas emergência na própria comunidade, defendendo “a importância de chamar a população para o racionamento e uso equilibrado da água”.


Comentários