Monilíase do Cacaueiro é tema de curso no Território Litoral Sul

Ação coordenada  pelo programa Bahiater e Adab do governo do Estado, resultou  na realização  do curso sobre de  Monilíase do Cacaueiro. O evento aconteceu  no centro de treinamento  da Ceplac em Ilhéus, entre os dias 5 e 6 de setembro.

Segundo Marcos Souza coordenador do Setaf, o curso “objetivou a capacitação de técnicos na identificação da doença, mesmo que ainda não ocorra incidência em território brasileiro”. O curso contou   com a participação de profissionais  do Instituto Cátedra, Cooperast, Bahiater, Adab, Ceplac, Consórcio de Desenvolvimento Sustentável Litoral Sul, Instituto Biofábrica e Consulcoop.

Durante os dois dias tiveram as aulas teóricas e práticas   abordando temas como “Monilíase do cacaueiro e  Pragas”,  “Plano de contingência”, “Tecnologia de aplicação de Agrotóxicos”, “Metodologia de levantamento, detecção e monitoramento” e  “Educação Sanitária”.

Elaine Martins, técnica Bahiater, salientou que o evento “foi muito importante para articular ações integradas de todos os grupos e instituições que atuam na ATER do Litoral Sul Bahia”.

Já  para Welington Leite que atua no mesmo programa o curso foi excelente, pois “além dos aspectos técnicos tivemos a oportunidade de conhecer parte da legislação que envolve transporte e comercialização vegetal e os procedimentos e cautelas que devem ser tomadas para o enfrentamento da doença caso ela venha a ser introduzida no país”.


Comentários