Improviso, Oxente! debate Equidade, Justiça Social e Cultura de Paz

Improviso Oxente_Bens naturais comuns_19 jul 16_Foto Tacila Mendes (23)Que metas podemos estabelecer para superar os indicadores referentes aos problemas sociais, a distribuição de renda, a diminuição da violência e o acesso à informação em Ilhéus? Pensando em responder essas e outras questões, a sociedade civil e os pré-candidatos ao Legislativo e Executivo municipal participam do Improviso, Oxente! na próxima terça-feira (26) para discutirem o tema “Equidade, Justiça Social e Cultura de Paz”, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus (TPI), Av. Soares Lopes. O evento tem início às 19h e será conduzido pelo professor do departamento de Ciências Administrativas e Contábeis da Universidade Estadual de Santa Cruz, Alfredo Dib Abdul Nour.

Este é o quarto de uma série de 13 encontros semanais abertos ao público, que acontecerão sempre às terças-feiras, promovidos pelo Instituto Nossa Ilhéus em parceira com o TPI. Cada debate aborda necessidades prioritárias da cidade a partir de indicadores baseados nos 12 eixos Programa Cidades Sustentáveis – que oferece aos gestores públicos uma agenda completa de sustentabilidade urbana, um conjunto de indicadores e um banco de boas práticas com casos exemplares nacionais e internacionais, a fim de sensibilizar e mobilizar as cidades brasileiras para se desenvolverem de forma econômica, social e ambientalmente sustentável.

A discussão desse eixo visa também contribuir para o exercício da cidadania e para o desenvolvimento local, especialmente das regiões periféricas da cidade. Os 43 indicadores relacionados permitem o acompanhamento das condições sociais e a criação de políticas públicas direcionadas a populações de baixa renda, além de ações afirmativas para a redução da desigualdade, de crimes, a assistência aos usuários de drogas, por exemplo. Os indicadores serão avaliados pelo público presente, que escolherá os que julga prioritários para o devido acompanhamento do gestor eleito para exercer mandato entre 2017-2020.


Comentários