Faxinaço contra Aedes aegypti no São Caetano

Secretário de Saúde, Paulo Bicalho, coordenou a mobilização contra o mosquito no São Caetano - Foto Gabriel de Oliveira (2)Luvas, sacos de lixo e disposição para percorrer ruas e visitar todas as casas. Estas foram as armas utilizadas na manhã desta quarta-feira, no bairro São Caetano, por coordenadores, enfermeiros e servidores de secretarias e órgãos municipais, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Saúde de Itabuna, no primeiro  faxinaço de combate ao Aedes aegypti promovido pela Prefeitura de Itabuna com o apoio do Governo do Estado. O mutirão foi realizado entre as 8 horas da manhã e o meio-dia para mobilizar a comunidade do bairro contra o mosquito.

Durante o percurso os participantes do faxinaço mobilizaram a comunidade com a distribuição de material informativo e uma folhinha onde as famílias poderão registrar em um determinado dia da semana o resultado da vistoria em quintais no combate a focos do mosquito. O principal apelo foi para que as famílias não deixem água parada em suas casas evitando locais de proliferação de larvas do Aedes aegypti.

Pelo menos dois caminhões de lixo foram recolhidos na ação. Uma das principais preocupações do secretário municipal de Saúde, Paulo Bicalho, é o grande número de casas fechadas e tanques cobertos com telhas de amianto onduladas. Segundo disse isto é um convite ao mosquito para depositar seus ovos nestes locais que se transformam em criadouros de larvas. “As pessoas devem vedar os depósitos e tanques com telas ou lençóis. A cobertura inadequada afeta todo o trabalho de prevenção”, justificou.

 


Comentários