Dia Nacional de Combate ao Mosquito

aedes_mosquitoNesta sexta-feira, 2 de dezembro, acontece em todo Brasil a mobilização de enfrentamento do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Hoje é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Mosquito, “o “zika day”.

Os e ministros farão algumas visitas nas capitais para ações de enfrentamento. Já o presidente Michel Temer participará de ações no Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad).

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) explica que mutirões serão realizados em órgãos públicos e estatais, unidades de saúde, escolas, residências, canteiros de obras e outros locais, marcando a intensificação das ações de combate e, consequentemente, impedindo a proliferação do mosquito.

A ideia é que, a partir do dia de mobilização, todas as sextas-feiras sejam dedicadas para verificação de possíveis focos, incentivando todos os segmentos da sociedade a fazer a sua parte. Essa campanha traz como foco “Sexta sem mosquito. Toda sexta é dia do mutirão nacional de combate”.

A nova campanha chama a atenção para as consequências das doenças causadas pela chikungunya, zika e dengue, além da importância de eliminar os focos do Aedes. “Um simples mosquito pode marcar uma vida. Um simples gesto pode salvar” alerta a campanha, que será veiculada em TV, rádio, internet, redes sociais em pontos de ônibus e outdoors no período de 24 de novembro a 23 de dezembro. A ideia é sensibilizar as pessoas para que percebam que é muito melhor cuidar do foco do mosquito do que sofrer as consequências da omissão.(CNM)


Comentários