Debate sobre consumo responsável em Ilhéus

CARD IMPROVISOConsumir de forma sustentável significa escolher bens e serviços que atendam às necessidades básicas e proporcionem melhor qualidade de vida, ao mesmo tempo em que minimizam o uso de recursos naturais e de materiais tóxicos, bem como a geração de resíduos e a emissão de poluentes.

Pensando nisso, o Improviso, Oxente! da próxima terça (06) vai promover debate sobre o eixo “Consumo responsável e opções de estilo de vida”, do Programa Cidades Sustentáveis, a partir das 19h, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, localizada na Avenida Soares Lopes. Aberto ao público, também são esperados para o encontro candidatos ao legislativo e ao executivo de Ilhéus, a fim de que contribuam com a discussão sobre políticas públicas que fortaleçam essa pauta.

Para tratar do tema, o debate terá como painelistas a coordenadora de Sustentabilidade da Universidade Federal do Sul da Bahia, Valerie Nicollier, e o professor do Departamento de Ciências Agrárias e Ambientais da Universidade Estadual de Santa Cruz, José Adolfo de Almeida Neto.

Serão discutidas com o público 15 sugestões de indicadores deste eixo. Esses dados abrangem desde a redução/educação sobre o consumo de bens – água, eletricidade, geração de resíduos – e a geração de resíduos per capita, passando pela inclusão dos catadores no sistema de gestão local de resíduos, até a destinação correta dos rejeitos produzidos.

Promovido pelo Instituto Nossa Ilhéus em parceira com o Teatro Popular de Ilhéus, este será o décimo de uma série de 13 encontros semanais, que acontecem sempre às terças-feiras, e visam à discussão sobre a Ilhéus que queremos em 2020.

Cada encontro aborda necessidades prioritárias da cidade a partir de indicadores baseados nos 12 eixos Programa Cidades Sustentáveis, e o público presente terá a oportunidade de escolher os que julga prioritários para o devido acompanhamento do gestor eleito para exercer o próximo mandato.


Comentários