Projeto de estudantes do CEEP AMEV Ilhéus é selecionado para Feira de Ciências na Turquia

cee amevDois alunos do Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) Álvaro Melo Vieira, em Ilhéus, foram selecionados para um evento internacional de ciências, a “Doganata Education Science Energy Engineering Fair (DOESEF)” , na Turquia, que será realizada em abril do próximo ano.

Ambos aos 18 anos, Stephanie Lauren de Souza Oliveira e Gabriel Vasconcelos, colegas do 4º ano do curso técnico em Biocombustíveis, desenvolvem há 1 ano e meio um projeto que estuda a degradação de sacolas plásticas por microorganismo que habitam o solo do município, com orientação da professora de Química, Margarete Correia de Araújo.

“Vimos em um programa de TV que ambientalistas usavam microorganismos do solo para degradar petróleo bruto. Fomos pesquisa e encontramos uma pesquisa em que se degradavam sacolinhas plásticas por meio de mrcroorganismos”, explica Stephanie. Com a pesquisa, ela e Gabriel, ficaram em 4º lugar na Mostratec, feira de ciência e tecnologia organizada pela Fundação Liberato em Novo Hamburgo (RS), realizada em outubro deste ano. O projeto já rendeu outras premiações, como o prêmio de reconhecimento da Fundação Brasileira de Microbiologia. A dupla fez dois experimentos diferentes, usando microorganismos aeróbicos e anaeróbicos – com o segundo grupo, o êxito foi maior.

“Colocamos a terra, as sacolas, e um composto nutritivo chamado bushnell haas, que tem vários nutrientes, menos o carbono, que eles [os microorganismos] vão tirar da sacola”, explica Stephanie, de forma resumida, em menção ao processo conhecido como bioremediação. Com o método, os estudantes conseguiram reduzir o tempo estimado de degradação do material de 200 para 11 anos. Apoiados pela instituição de ensino, os jovens, que já estão no último ano do curso, darão continuidade à pesquisa, desta vez, visando isolar e identificar os microorganismos responsáveis pela degradação das sacolas, feitas de polietileno de alta densidade, além de criar um método que possa ser usado em escala industrial.


Comentários